Escolha uma Página

Em colaboração com especialistas geotêxteis, a MMS desenvolveu um método simples e barato para a desidratação e secagem de concentrados de minério utilizando tubos geotêxteis chamado Contubes. Os Contubes são feitos com fios tecidos poliméricos permeáveis de multifilamentos de alta resistência. A natureza e tamanho dos poros dos Contubes permite que o filtrado flua livremente para fora do tubo, ao mesmo tempo que mantém mesmo as partículas mais pequenas no interior do tubo. Os Contubes, após desidratação, podem ser deixados durante algum tempo para secarem ao ar por evaporação através dos poros do geotêxtil para assim tornar a sua manipulação mais fácil. Os materiais de fabrico permitem a filtragem para fora de água de dentro do tubo, mas são impermeáveis à água presente no lado de fora do tubo, como por exemplo a chuva. Os Contubes podem ser fabricados com largura de 7m, alcançar alturas de 5m quando cheios e podem ter até 200m de comprimento, dependendo dos requisitos do fluxo horário e diário da alimentação.

O modo de funcionamento é construir Unidades de Contube sobre uma base impermeável (semelhante à utilizada para operações de lixiviação de ouro em pilha). Enquanto alguns tubos são enchidos com concentrado de minério, outros são passivamente submetidos a desidratação e secagem e os restantes estão a ser “colhidos”, ou seja, a serem abertos e o concentrado de minério seco a ser removido para depois ser transportado. O processo funciona melhor em climas temperados a tropicais, onde as taxas de evaporação são mais elevadas. Há também a necessidade de dispor de espaço relativamente plano no terreno para instalar as Unidades de Contube. O processo pode trabalhar com suspensões de polpa desde líquidas a concentradas e, dependendo da matéria-prima, pode resultar num produto que contém uma pequena percentagem de humidade, o qual pode ser facilmente ser trabalhado por métodos normais. Normalmente, uma alimentação de polpa de minério desidratará e secará até a sua percentagem de humidade ser inferior a 5% num período de 15 a 20 dias e poderá então ser colhida. O filtrado resultante tem poucos sólidos em suspensão (<30ppm) e a recuperação de água, para voltar a usar na unidade de tratamento, é alta.

O processo tem um componente de capital muito baixo, estando principalmente sujeito a custos operacionais. Substitui a necessidade de equipamentos de capital elevado, tais como espessadores de concentrado, filtros de correia ou de pressão e secagem e armazenamento de concentrado. Os geotêxteis Contube usados podem ser reciclados ou podem ser re-utilizados como excelente base de estrada para vias de circulação, etc.